Buscar
  • Flavio Peres

Como engajar a sua equipe através de feedback assertivo



Você certamente já deve ter ouvido falar em feedback dentro do seu ambiente de trabalho. Talvez até tenha tido uma experiência ruim de algum feedback negativo que tenha recebido ou mesmo sofrido com a falta de feedback ao longo da sua carreira.


O feedback é uma ferramenta poderosíssima que eu costumo dizer que não serve apenas para líderes em posição de chefia (gerentes, coordenadores, supervisores, diretores, etc), mas para qualquer profissional. Todos dentro e fora de uma organização deveriam conhecer essa ferramenta e aplicá-la no seu dia-a-dia.


Segundo uma pesquisa da Exame - 150 melhores empresas para se trabalhar, o que mais desmotiva um funcionário é a falta de feedback sincero por parte da chefia.

Sendo assim, é importante que se faça o feedback todos os dias, tanto para potencializar uma ação positiva como também para orientar o profissional em algo que não está indo bem ou que precisa de ajustes.


Para que o feedback seja assertivo e não prejudique ainda mais o relacionamento com as pessoas do seu trabalho e o do seu projeto, existem algumas regras que devemos ficar atentos. Não basta sair dizendo o que pensa por aí na desculpa de que está dando feedback.


1.    Respeito


 Nunca dê feedback negativo para um funcionário na frente de seus colegas. Feedback negativo só se faz no particular, já os feedbacks positivos você pode fazer em público.

Deixe sentimentos (como raiva, nervosismo, ansiedade) de lado na hora do feedback. Se você estiver tomado por esses sentimentos espere até que as coisas estejam mais calmas.


2.    Timing (na hora certa):


Embora algumas vezes seja desconfortável dar um feedback negativo, é preciso fazê-lo o quanto antes. Nada de esperar aquela avaliação anual lá no final do ano pra lembrar algo que o funcionário fez no começo do ano. Ele provavelmente já esqueceu do ocorrido e o feedback não vai ajudar em nada. Tem empresas que gostam de adotar a regra de 48 horas, ou seja, um feedback só é válido se for dado em até 48 horas do ocorrido. 


3.    Específico


Quando for dar feedback para alguém, tente ser o mais específico possível. Nada de "fulano, você nunca ajuda, sempre vai embora mais cedo quando precisamos". Evite as palavras "nunca", "sempre" e outras formas de generalização. Além disso, foque no comportamento e não na pessoa.


4.    Pontual


Existe uma técnica para isso, e se chama SCI (Situação - Comportamento - Impacto). Funciona assim: você vai relatar uma situação que aconteceu (fato), qual foi o comportamento do seu funcionário, e qual o impacto disso para o seu projeto. Veja a diferença:


Feedback genérico: "você sempre chega atrasado, precisa ser mais responsável com suas atividades"


Resultado: provavelmente o funcionário vai tentar se defender dizendo: "mas foi só um dia", "eu tive problemas em casa", "meu carro quebrou", "EU NÂO SOU IRRESPONSÁVEL".

Imagine a fúria do funcionário e como a sua relação com ele vai ficar pior depois disso. Não preciso dizer que ele não vai concordar e não vai mover uma palha para mudar o seu comportamento não é?


Agora o feedback SCI: "eu notei que segunda e terça você chegou depois das 10:00 para trabalhar e isso gerou um impacto na nossa entrega porque estávamos te esperando para finalizar a sua atividade, tem algo que eu possa fazer para te ajudar a chegar mais cedo?"


Situação: segunda e terça 

Comportamento: chegou depois das 10:00 para trabalhar

Impacto: atrasou a entrega


Resultado: Note que foram relatados os fatos, dificilmente o funcionário não concordará. Porém, da natureza humana ele vai tentar se justificar. Apenas ouça, diga que entende e faça um acordo para que isso não volte a acontecer (o atraso) sem prévio acordo entre vocês.


5.    Evite dar voltas


Alguns líderes gostam de usar o que se chama de feedback "sanduíche", é aquele feedback que você começa elogiando, faz o feedback negativo e depois finaliza a conversa com um elogio novamente (entenderam a analogia com sanduíche?). O sanduíche pode ser perigoso porque parece mais um feedback “pisando em ovos” e pode soar como não sincero.


Seria mais ou menos assim:

"Flavio, você está fazendo um excelente trabalho, todas as entregas em dia, o pessoal está motivado, parabéns! só tem uma coisinha que eu queria comentar, tenta chegar um pouco no horário amanhã, não é por nada não, um dia ou outro tudo bem, mas fica tranquilo seu trabalho está muito bom mesmo viu.."


Soa estranho?


6.    Tenha empatia


As pessoas que recebem feedback negativo tendem a passar por essas fases: Negação -> Raiva -> Barganha -> Tristeza -> Aceitação. É preciso muita maturidade da equipe para receber feedbacks. 


Se coloque no lugar de quem está recebendo o feedback e apoie-o para superar essa fase. Afinal o objetivo do feedback não é criticar, mas orientar e mostrar o caminho a ser percorrido.


E se você é quem está recebendo o feedback, apenas ouça, não tente questionar ou se justificar, ouça, interiorize e veja o que você pode melhorar. O feedback é um grande presente que recebemos. A grande maioria das pessoas não gosta de dar feedback negativo e evita a todo custo, então se você recebeu um, agradeça. É a melhor forma de você rever os seus conceitos e melhorar como pessoa e profissional.


Boa sorte na sua jornada!


Flavio Peres é mentor, palestrante, consultor e especialista em liderança e desenvolvimento corporativo, certificado no mais alto nível de gestão de projetos e eleito 5 vezes consecutivas Great Leader Award. Liderou transformações digitais com equipes ágeis de alta performance por mais de 15 anos em grandes empresas multinacionais na área de TI, e criou sua própria metodologia de desenvolvimento da liderança chamado Estado da A.R.T.E.

Sua missão é transformar a Liderança no Brasil para que esses Líderes transformem o mundo corporativo em um lugar melhor para todos!




48 visualizações

Informações:

Soluções:

Contato:

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram

Faça parte do Clube VIP e tenha ACESSO EXCLUSIVO A:

Artigos

Ferramentas de Gestão, Liderança e Produtividade

Descontos em treinamentos

Acesso a Workshops

Muito mais!

Copyrights © 2020 - Flavio Peres, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

|

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now